quarta-feira, 9 de agosto de 2017

PSP retira três pessoas de prédio em chamas

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 1ª Divisão Policial, na Rua da Barroca, no dia 09 de agosto, pelas 06h00, procedeu à retirada de 3 pessoas de um edifício em chamas, com idades compreendidas entre os 20 e 25 anos, na sequência do incêndio urbano que deflagrou nas águas furtadas do mesmo.

A ocorrência de incêndio foi reportada para a PSP que, de seguida, enviou uma patrulha para averiguar a situação, deparando-se com chamas intensas na parte superior do imóvel, mais concretamente nas águas furtadas da cobertura. Ao verificarem a presença de 3 pessoas no telhado encurraladas pelas chamas, os polícias iniciaram a evacuação dos moradores, arrombando a porta de entrada e quando chegaram ao último andar verificaram chamas na porta da cobertura. 

Apesar de terem recorrido a um extintor, este não produziu nenhum efeito devido à dimensão do fogo. Cientes que o arrombamento da porta produziria uma expansão imediata de fogo com a presença de oxigénio, entraram na habitação do 2.º andar e através da varanda, usando apenas a força física e determinação, retiraram as 3 vítimas que estavam na cobertura. Alguns minutos depois, o telhado onde estes se encontravam a pedir socorro desabou. 

Na sequência desta situação e por existirem fortes probabilidades do incêndio alastrar ao prédio ao lado, os polícias arrombaram a porta de entrada do mesmo, bem como a do 1.º andar onde se encontrava uma senhora idosa que foi prontamente encaminhada para o exterior com o auxílio policial. 

Apesar dos danos no fardamento resultantes da intervenção, os dois polícias da Esquadra do Bairro Alto não careceram de medidas adicionais de tratamento, tendo sido apenas assistidos no local. Os 3 jovens salvos foram igualmente assistidos no local não havendo necessidade de deslocação ao hospital.

Sem comentários:

Enviar um comentário