terça-feira, 12 de dezembro de 2017

4 Carteiristas Detidos

O Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 09 de dezembro de 2017, pelas 14h45, na freguesia de Penha de França, em Lisboa, procedeu à detenção, em flagrante delito, de dois homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 30 e os 65 anos de idade, por serem suspeitos pela prática de crime de furto por carteirista.

Os suspeitos foram detetados por um polícia da PSP que visualizou toda a preparação e consumação do ilícito, apercebendo-se da conjugação de esforços e do momento em que conseguiram furtar a quantia monetária de €143,90 a um cidadão que se encontrava no elétrico. Após a detenção, os objetos furtados foram apreendidos e restituídos à vítima.

Os detidos, com um vasto rol de antecedentes criminais do mesmo tipo de ilícito, foram presentes na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, e tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de Apresentações Semanais.


Detido por furto qualificado

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 4ª Divisão Policial, no dia 10 de dezembro, na freguesia de Alcântara, procedeu à detenção de dois jovens, de 15 e 16 anos, pela suspeita da prática do crime de Furto Qualificado.

A notícia partiu de um cidadão que assistiu ao ilícito e deu o alerta, relatando que dois jovens haviam partido uma montra de uma loja de produtos eletrónicos e levando artigos com eles.
No entanto, foram de imediato intercetados, nas imediações do local, na posse de todos os bens furtados, avaliados em 3042.48€:

  • 20 Telemóvel;
  • 03 Tablets;
  • 08 Carregadores;
  • 06 Auriculares; e
  • 01 Bateria.

Por um dos suspeitos ser menor, foi notificado ao abrigo do processo tutelar educativo, para comparecer no Tribunal de Família e Menores de Lisboa, enquanto o outro suspeito foi presente a 1º interrogatório judicial no Tribunal de Pequena Instância de Lisboa, sendo aplicada a medida de coação Apresentações Semanais.





quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Detido por furto qualificado

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 4ª Divisão Policial, no dia 4 de dezembro, na freguesia da Misericórdia, em Lisboa, procedeu à detenção de um homem, com 41 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de Furto.

O suspeito já sinalizado, pela prática de inúmeros furtos no interior, principalmente em estabelecimentos de ensino superior, foi reconhecido e visto em fuga. O mesmo havia acabado de cometer um furto no interior de uma sala de aulas de uma Faculdade, quando foi intercetado pelos polícias da PSP. 

Foi ainda efetuada busca domiciliária da qual resultou a apreensão de:
  • 1 computador;
  • 1 telemóvel; e
  • 2 discos externos.

Foram recuperados bens avaliados em mais de 700 euros sendo possível relacionar o suspeito com outros crimes de furto. 

O detido, foi presente no DIAP de Lisboa, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Apresentações Bissemanais.

Detido por agredir polícia

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Sintra, no dia 4 de dezembro, pelas 21h00, na freguesia de Queluz, procedeu à detenção de um homem, com 21 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de Agressão a Agente de Autoridade.

Momentos antes, no decorrer de um serviço remunerado num hipermercado e em virtude de haver fundada suspeita de que o homem havia furtado bens daquele estabelecimento comercial, o polícia abordou o mesmo no sentido de apurar os factos.

Aquando da abordagem, o suspeito adotou uma postura agressiva e de não cooperação com a ação policial, acabando por agredir o polícia da PSP com vários murros na face e uma cabeçada no sobrolho direito. Em resultados das agressões, o mesmo foi transportado ao hospital onde recebeu tratamento.

Na sequência do sucedido, foram acionados os meios e iniciaram-se diligências tendo sido possível localizar o suspeito, que foi presente no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste, Núcleo de Sintra, onde foi julgado e condenado a um ano de Prisão, convertido em 364 horas de trabalho comunitário.

Dois carteiristas detidos

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 4ª Divisão Policial, no dia 4 de dezembro, na freguesia da Misericórdia, em Lisboa, procedeu à detenção de uma mulher e um homem, com 29 e 40 anos de idade, por serem suspeitos da prática do crime de Furto por Carteirista.

Os detidos foram detetados e monitorizados pelos polícias da PSP a distrair a vítima, sendo que o homem intrometia-se na conversa entre duas pessoas, enquanto a mulher retirava uma carteira da mala pessoal da vítima, sem que a mesma se apercebesse.

No interior da referida carteira encontravam-se 48 euros em notas e moedas do BCE, bem como vários documentos pessoais que foram recuperados e restituídos ao seu legítimo proprietário.

Os detidos foram presentes na Instância Local, Secção de Pequena Criminalidade de Lisboa para 1.º interrogatório judicial, sendo agendada audiência de julgamento para dia 19 de dezembro às 14h00, continuando ambos com a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Prisão Preventiva para detido por Roubo

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Cascais, no dia 29 de novembro, procedeu à detenção de um jovem, de 17 anos de idade, pela suspeita da prática do crime de Roubo.

Após a notícia de um roubo perpetuado por um grupo de seis indivíduos nas proximidades da Estação da CP de Carcavelos, os elementos policiais encetaram diligências no sentido de localizar os mesmos, traduzindo-se infrutíferas.

Momentos depois, as vítimas deslocaram-se ao departamento policial para formalizar denúncia, fornecendo mais características dos suspeitos e forma de atuação, o que permitiu identificar e intercetar um dos jovens, que no momento da interceção, estava a agredir outro jovem para consumar outro Roubo. 

O jovem foi detido em flagrante delito, constatando-se que o grupo em causa era autor de diversos ilícitos do mesmo tipo, com denúncias já formalizadas, na área do concelho de Cascais.

Na revista sumária feita ao detido, este tinha na sua posse os artigos furtados nesse dia e, ainda, um outro telemóvel proveniente de um roubo levado a cabo dias antes. 
O detido foi presente no Tribunal Judicial de Turno da Comarca Lisboa – Oeste, Ministério Público de Cascais, o qual aplicou a medida de coação de Prisão Preventiva.


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Detidos por Roubos a taxistas

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 29 de novembro, pelas 20h00, na freguesia de Benfica, em Lisboa, procedeu à detenção, através do cumprimento de dois Mandados de Detenção, sendo um deles emitido pela Autoridade Judiciária e outro pela Autoridade de Polícia Criminal, de dois homens, com idades compreendidas entre os 17 e os 19 anos de idade, por serem suspeitos do crime de Roubo.

Na sequência de vários roubos a taxistas com o mesmo Modus Operandi iniciou-se uma investigação que durou cerca de dois meses, que permitiu identificar um grupo de suspeitos que se dedicavam àquele tipo de roubo. 

Ao longo da investigação apurou-se que os suspeitos praticaram pelo menos sete roubos, sendo que para o efeito apanhavam o táxi na zona do Cais do Sodré e solicitavam transporte para diversos pontos da cidade. O passageiro, imediatamente atrás do condutor, fazia a “gravata” e os restantes através de agressões físicas várias, subtraiam dinheiro e telemóveis. Em dois desses roubos, face às agressões físicas de que os motoristas eram alvo, além de quantias em dinheiro conseguiram roubar as respetivas viaturas táxi entretanto recuperadas.

Estes dois detidos faziam parte daquele grupo juntamente com um outro, com 16 anos de idade, já detido no decurso do mês de Novembro de 2017, através do cumprimento de um Mandado de Detenção emitido por Autoridade de Polícia Criminal, o qual ficou em Prisão Preventiva.

Com estas duas detenções, a PSP acredita que tenha desmantelado o grupo que foi responsável por vários roubos a taxistas na área de Lisboa e mais concretamente nas zonas acima referidas.

Os ora detidos, com um vasto registo de antecedentes criminais, foram presentes na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo sido aplicada, a um, a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva e de Apresentações Periódicas a outro.

7 Detidos por Tráfico de Estupefacientes

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 01 de dezembro, pelas 02h20, nas áreas de Lisboa, Almada e Olhão realizou uma operação policial, detendo seis homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 23 e os 32 anos de idade.
A operação desencadeada resulta de uma investigação iniciada há cerca de um ano, no âmbito do tráfico de estupefacientes. Nas buscas realizadas foi possível apreender o seguinte: 

2 Pistolas de Calibre 6.35mm;
1 Revolver Calibre .32;
22 Munições Calibre .32;
33 Munições de diversos calibres;
102 490 Doses individuais de produto suspeito de ser Haxixe;
18 689 Doses individuais de produto suspeito de ser Cocaína;
8 606 Doses individuais de produto suspeito de ser Ecstasy;
117 Gramas de produto indeterminado;
48 935 Euros em numerário do BCE;
6 Veículos;
20 Telemóveis;
3 Balanças de precisão; e
2 Computadores.

Com esta operação foi possível desmantelar uma rede que a partir da cidade de Lisboa, nomeadamente da área de Benfica, fazia a distribuição diretamente ao consumidor. Tratava-se de uma rede bastante organizada, capaz de fazer escoar grandes quantidades de estupefaciente, em curtos espaços de tempo, podendo dessa forma auferir grandes quantidades de dinheiro, conforme quantia monetária apreendida.

Os detidos, a maioria já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de ilícito, foram presentes na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo sido aplicada a dois deles a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva, Apresentações Periódicas a quatro e Termo de Identidade e Residência a um dos detidos.