segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Medidas de Prevenção

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, desde há alguns meses tem vindo a proceder ao reforço da vigilância e segurança em áreas e locais de maior concentração de pessoas.

No decurso de permanente adaptação e dinâmicas naturais na vertente da segurança entendeu este Comando propor o reforço de medidas passivas de segurança na via pública, tendo em vista melhorar a proteção em zonas com elevada afluência de pessoas, permitindo soluções compatíveis com o acesso rápido para eventuais operações de socorro, em particular por parte dos bombeiros e ambulâncias, nomeadamente colocação de barreiras físicas (blocos de betão e pilaretes) para dificultar o acesso de veículos.

Apesar do grau de ameaça terrorista em Portugal se manter moderado, não sofrendo alterações, a PSP, em coordenação com a CML, encontra-se a implementar no terreno medidas, que já estavam a ser pensadas há algum tempo, antes dos recentes atentados em Barcelona.  

De momento esta intervenção está a ser feita em coordenação com a CML, na zona do Chiado, Rua Augusta e Mosteiro dos Jerónimos, seguindo-se outros locais da área de jurisdição do Comando Metropolitano de Lisboa sempre que após avaliação se considere ser de implementar.

Em caso de ataque:

FUGIR. Esta é a melhor opção para se proteger. Não tente enfrentar, não tente negociar. Se não conseguir…
PROTEGER. Esconda-se, barrique-se num edifício ou estabelecimento até que as autoridades cheguem ao local. Quando em segurança…
LIGAR. Use o 112. A sua descrição dos acontecimentos pode ajudar a polícia. Se estiver escondido, diga onde se encontra, isso vai facilitar o seu socorro.

Lembre-se FUGIR, PROTEGER, LIGAR.

Detido por Roubo

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 4ª Divisão Policial, no dia 18 de agosto, pelas 18h30, na freguesia de Alcântara, em Lisboa, procedeu à detenção de um homem, com 16 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de Roubo por Esticão.

Um cidadão enquanto percorria apeado a mesma artéria que o ora detido, visualizou o mesmo a aproximar-se de outro cidadão que fazia uso do seu telemóvel. O suspeito, com a cara tapada, agarrou o telemóvel do lesado e colocou-se em fuga, momento em que a testemunha da situação encetou perseguição apeada, conseguindo imobilizar o mesmo e efetuado a sua condução à Esquadra da PSP mais próxima, entregando-o sob detenção.

O telemóvel roubado, com o valor aproximado de 195 euros, foi recuperado e entregue ao seu legítimo proprietário.

O detido foi presente na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, onde lhe foi aplicada a medida de coação de Apresentações Semanais, sendo ainda emitido Mandado de Condução a Casa de Acolhimento, por aí já se encontrar institucionalizado, e ao qual foi dado cumprimento.

Três carteiristas detidos

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 1ª Divisão Policial, no dia 18 de agosto, pelas 14h00, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, procedeu à detenção de um homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 23 e os 27 anos de idade, por serem suspeitos da prática de crime de furto por carteirista.

Os suspeitos foram detetados por Polícias que visualizaram toda a preparação e consumação do ilícito. 

Atuando de forma coordenada e fazendo-se passar por turistas, os suspeitos conseguiram encostar-se à vítima, furtando-lhe a sua carteira. Enquanto um dos suspeitos efetuou o furto, os restantes distraíram a mesma, procurando passar despercebidos. 

Aquando da detenção, foi apreendida uma carteira, na posse de uma das suspeitas, contendo o valor monetário de 470,79 euros, bem como alguns cartões, bens esses que foram restituídos à vítima.

Os detidos foram presentes na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo dois deles ficado com Apresentações Semanais e outro com Apresentações Trissemanais.

Detido por Furto

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 4ª Divisão, no dia 19 de agosto, pelas 08h35, na freguesia da Estrela, procedeu à detenção, em flagrante delito, de um homem, com 35 anos de idade, por ser suspeito da prática do crime de Furto.

Esta detenção resulta do patrulhamento normal das Equipas de Intervenção Rápida de prevenção de ilícitos criminais junto a espaços de diversão noturna. A vítima informou terem-lhe sido subtraídos os seus pertences, avaliados em 570 euros, num estabelecimento.

Após diligências localizou-se o ora detido na posse dos bens, à exceção do telemóvel da mesma, bem como conseguiu-se identificar e deter um segundo suspeito, um homem de 41 anos de idade, que tinha na sua posse o referido telemóvel.

Os bens foram recuperados e devolvidos à vítima, que desejou procedimento criminal contra ambos.

Os detidos compareceram na Instância Local – Secção de Pequena Criminalidade de Lisboa tendo ficado marcada audiência de julgamento para dia 4 de setembro.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

"Três Detidos pelo crime de especulação"


O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Segurança Aeroportuária, no dia 17 de agosto, procedeu à detenção de três homens, com idades compreendidas entre os 46 e os 53 anos de idade (todos eles motoristas de ligeiros de passageiros), por serem suspeitos da prática do crime de especulação (cobrança de valores ou suplementos superiores ao legalmente estabelecidos na tabela de preços).

Os mesmos transportavam passageiros, todos eles estrangeiros, desde o Aeroporto Humberto Delgado até várias unidades hoteleiras da região de Lisboa e, em todas a situações o valor cobrado era sempre superior ao constante no taxímetro. 

Numa das situações o valor a pagar seria de 6.55€ e foi pelo motorista cobrado o valor de 14€, enquanto noutra situação a importância a pagar seria de 12,35€ e foi cobrado pelo motorista a quantia de 35€. Por último numa situação de valor a pagar de 5,15€ foi cobrado o valor de 10€.

As viaturas utilizadas para a prática deste crime foram apreendidas e os detidos foram notificados para comparecerem, hoje, no Juízo de Pequena Instância Criminal de Lisboa, tendo dois deles ficado com Suspensão Provisória do Processo e o outro com audiência de julgamento marcada para o dia 28 de agosto.

No sentido de dissuadir esta prática criminosa, a PSP aconselha os utilizadores deste serviço de transporte a só pagarem a importância pelo serviço que marca o taxímetro e no ato do pagamento a exigirem sempre fatura.

"148 Detidos"


O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, na sua área de responsabilidade, continuando os objetivos de prevenção e dissuasão da criminalidade e de ilícitos em geral, no período compreendido entre as 07h00 do dia 11 e as 07h00 do dia 18 de agosto, realizou 114 operações policiais e procedeu à detenção de 148 cidadãos por diversos crimes:

40 Por Condução sob o efeito de álcool;
22 Por Tráfico de Estupefaciente;
18 Por Condução sem habilitação legal;
16 Por Mandado de Detenção 
15 Por Furto;
08 Por Resistência e Coação sobre Funcionário;
06 Imigração ilegal;
06 Por Desobediência;
03 Por Posse ilegal de arma;
02 Por Roubo;
03 Por Carteirista; e
09 Por Outros Crimes; 

Da atividade operacional, foi possível apreender o seguinte material:
16 Armas:
o 15 Espingardas; e
o 01 Arma de 6.35 mm
31 Munições.


Estupefaciente:
o 718,93 Doses de produto estupefaciente suspeito de ser Haxixe; 
o 37,40 Doses de produto estupefaciente suspeito de ser Heroína;
o 8,75 Doses de produto estupefaciente suspeito de ser Cocaína; 

Sinistralidade Rodoviária:
Total de Acidentes: 214;
o N.º de Mortos: 02;
o N.º de Feridos Graves: 05;
o N.º de Feridos Leves: 70.

Fiscalização Rodoviária da Divisão de Trânsito da PSP

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Trânsito, na sua área de responsabilidade, continuando os objectivos de prevenção e dissuasão da criminalidade e no domínio da segurança rodoviária, dando-se especial atenção à condução sob a influência do álcool/estupefacientes, cometimento de infracções graves/muito graves, falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório, falta de habilitação legal para conduzir, excesso de velocidade, utilização do telemóvel ou outros equipamentos durante a condução, transporte de menores sem utilização dos acessórios de segurança, desrespeito das regras de condução por parte dos condutores de velocípedes, bem como à circulação de veículos sem realização da inspecção periódica obrigatória, efectuou no período compreendido entre 11AGO2017 e 17AGO2017:
  • 56 Operações STOP;
  • 5 Operações de Visibilidade; e
  • (260horas) em Policiamentos (Manifestações, Procissões, deslocações de Membros do Governo Português, Simulacros, Jogos de Futebol, etc…)

No total foram fiscalizados:
  • 12244 Veículos Controlados por Radar;
  • 1755 Veículos Ligeiros;
  • 32 Transporte de aluguer - Ligeiros;
  • 48 Veículos Pesados;
  • 80 Motociclos e
  • 01 Velocípedes.
Foram contabilizadas 956 infracções ao Código da Estrada, RST e RCE, nomeadamente:

269 Velocidade:
  • Muito Graves – 83
  • Graves – 186;
  • 39 Telemóvel;
  • 13 Excesso de lotação;
  • 52 Inspecções;
  • 20 Desrespeito ao Sinal Vermelho;
  • 26 Falta de Cinto de Segurança/Sistema de Retenção
  • 32 Transporte de aluguer - Ligeiros;
  • 18 Falta de Seguro;
  • 16 Veículos Apreendidos;
  • 05 Iluminação e dispositivos de iluminação;
  • 05 Alteração de características;
  • 05 Irregularidade nos pneumáticos;

509 Teste de Álcool realizados

34 Infracções de Álcool:
  • Muito Graves – 19
  • Graves – 15
Outras Infracções Diversas – 422

Detenções
  • Álcool – 9
  • Carta – 2
  • Desobediência – 1
  • Crime de Especulação (Táxi) – 3

Sinistralidade Rodoviária

Total de Acidentes – 251
  • Número de Mortos - 3
  • Número de Feridos Graves – 0
  • Número de Feridos Leves - 88

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública informa ainda que através
da sua Divisão de Trânsito, continuará a realizar operações de fiscalização rodoviária, em áreas
mais especializadas, como a presente situação.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

3 Carteiristas detidos

O Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, através da 1ª Divisão Policial, no dia 14 de agosto de 2017, pelas 15h00, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, procedeu à detenção de um homem e de duas mulheres, com idades compreendidas entre os 38 e 45 anos de idade, pela suspeita da prática de crime de furto por carteirista.

Os suspeitos foram detetados por Polícias que visualizaram toda a preparação e consumação do ilícito. Os mesmos atuaram coordenados e fazendo-se passar por turistas conseguiram encostar-se à vítima, furtando-lhe a sua carteira.

A carteira furtada foi apreendida e restituída ao seu legítimo proprietário.

Os detidos foram presentes na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, e tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de apresentações semanais.