sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Detido suspeito da prática de 5 roubos

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Policial de Sintra, no dia 15 de fevereiro, pelas 15h00, em Agualva – Cacém, procedeu à detenção de um homem de 32 anos de idade, no cumprimento de mandado de detenção fora de flagrante delito, emanado por Autoridade Judiciária, indiciado pela prática de crime de Roubo.

No passado mês de dezembro, em Agualva-Cacém, o suspeito abordou a vítima, menor de 14 anos, à qual, mediante ameaça, roubou um telemóvel.

Todavia, no âmbito de investigações desencadeadas, já havia sido estabelecido a ligação do agora detido a outros 4 (quatro) crimes de roubo. 

O detido foi hoje presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste, Núcleo de Sintra, para 1º Interrogatório Judicial, tendo-lhe sido decretada a medida de coação mais gravosa, PRISÃO PREVENTIVA.

3 Detidos por posse de estupefaciente e posse de armas de fogo

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Loures, no dia 16 de fevereiro, pelas 07h00, no seguimento de uma investigação com cerca de 6 meses relativa a um crime de tráfico de estupefaciente e posse ilegal de arma de fogo, procedeu à detenção de 2 homens com 21 e 27 anos de idade e 1 mulher com 56 anos de idade.

Após cumprimento de duas buscas domiciliárias e uma busca não domiciliária, na freguesia de São João da Talha, Concelho de Loures, foi possível apreender:
  • 01 Espingarda de calibre 12;
  • 01 Revólver de calibre .32;
  • 01 Revólver de calibre .38;
  • 01 Carabina;
  • 01 Arma de ar comprimido calibre 5,5mm;
  • 01 Réplica de uma metralhadora AK 47;
  • 23 Cartuchos de calibre 12;
  • 132 Munições de calibre .32;
  • 250 Projeteis de calibre 5,5mm;
  • 1 Bastão artesanal;
  • 19,16 gr de Haxixe;
  • 140,00 Euros em numerário, e
  • Diversos utensílios utilizados para preparar o produto estupefaciente.

Os detidos, já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crimes, foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade.

332 Detidos

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, na sua área de responsabilidade, continuando os objetivos de prevenção e dissuasão da criminalidade e de ilícitos em geral, no período compreendido entre as 07h00 do dia 10 de fevereiro e as 07h00 do dia 17 de fevereiro, realizou 182 operações policiais e procedeu à detenção de 332 cidadãos por diversos crimes:
  • 73 Por Condução sob o efeito de álcool;
  • 51 Por Tráfico de Estupefaciente;
  • 36 Por Condução sem habilitação legal;
  • 24 Por Furto;
  • 07 Por Desobediência;
  • 07 Por Resistência e Coação sobre Funcionário;
  • 06 Por Posse ilegal de arma;
  • 08 Por Roubo;
  • 03 Por Furto por carteirista;
  • 03 Imigração ilegal;
  • 93 Por Mandado de Detenção, e;
  • 21 Por Outros Crimes.

Da atividade operacional, foi possível apreender o seguinte material:
  • 40 Armas:
    • 14 Espingardas;
    • 10 Armas brancas;
    • 06 Revólveres;
    • 04 Arma de 6.35 mm;
    • 02 Armas de 9 mm;
    • 03 Bastões, e
    • 01 Aerossol de defesa.
  • 577 Munições.

Estupefaciente:
  • 4.766,464 Doses de produto estupefaciente suspeito de ser Haxixe;
  • 251,70 Doses de produto estupefaciente suspeito de ser Heroína
  • 53,85 Doses de produto estupefaciente suspeito de ser Cocaína.

Sinistralidade Rodoviária:
  • Total de Acidentes: 417;
    • N.º de Mortos: 00;
    • N.º de Feridos Graves: 01;
    • N.º de Feridos Leves: 130.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

PSP detém dupla de carteiristas

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 1ª Divisão Policial, no dia 14 de fevereiro, pelas 14h45, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, procedeu à detenção em flagrante delito, de um homem e uma mulher, com 24 e 43 anos de idade, respetivamente, pela prática do crime de furto por carteirista.

Os Policias no âmbito da sua atividade, visualizaram a suspeita a abrir o bolso dos calções de um turista, enquanto o suspeito servia de cobertura, furtando do seu interior uma carteira, contendo dinheiro e alguns documentos, no valor de 65 Euros, sendo o produto do furto apreendido aos suspeitos e restituídos ao lesado. 

Os detidos foram presentes na Instância Central – Secção de Instrução Criminal de Lisboa, tendo a audiência de julgamento sido adiada para o dia 06 de março.

PSP detém carteirista em flagrante delito

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da 1ª Divisão Policial, no dia 14 de fevereiro, pelas 12h50, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, procedeu à detenção em flagrante delito, de um homem, com 29 anos de idade, pela prática do crime de furto por carteirista.

Um Polícia, encontrava-se à civil numa paragem do elétrico da Carris, Carreira 28, quando foi surpreendido pelo suspeito que astutamente conseguiu abrir o fecho da mochila que este transportava às costas. O Agente ao aperceber-se da situação conseguiu neutralizar o suspeito quando este tinha a mão no interior da citada mochila.

Devido à pronta ação do elemento policial o suspeito não conseguiu furtar qualquer valor ou objeto que se encontravam na mochila.

O detido foi presente na Instância Central – Secção de Instrução Criminal de Lisboa, tendo a audiência de julgamento sido adiada para o dia 06 de março.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Detido suspeito do crime de 14 Furtos no interior de veículos

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão Policial de Cascais, no dia 13 de fevereiro, em São Domingos de Rana, através de Mandado de Detenção (fora do flagrante delito), procedeu à detenção de um homem, com 41 anos de idade. 

Na sequência de uma investigação que durava há já cerca de 1 ano, relacionada com vários crimes de furtos no interior de veículos nas freguesias de São Domingos de Rana, Carcavelos e Parede, foi possível indiciar o suspeito pela prática de 5 furtos qualificados na forma consumada, 2 crimes qualificados na forma tentada, 7 crimes de furto simples, 2 crimes de dano e 1 crime de burla informática e nas comunicações.

De referir que aquando da sua interceção, o suspeito estava na posse de 1 computador portátil, 1 Leitor de MP3, 3 telemóveis e vários artigos de senhora, objetos esses que haviam acabado de ser furtados do interior de uma viatura na zona de Carcavelos.

O detido foi presente ontem no Tribunal de Instrução Criminal, do Tribunal de Lisboa Oeste – Cascais, para 1º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Detidos suspeitos do crime de Furto

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 12 de fevereiro, pelas 19h45, na freguesia do Lumiar, em Lisboa, procedeu à detenção em flagrante delito, de um homem, com 31 anos de idade, por ser suspeito da prática de crime de Furto Qualificado na forma tentada em garagens.

O suspeito num momento de distração de um morador no prédio que entrava na garagem com a sua viatura, não esperou que o portão se fechasse na totalidade, aproveitando para entrar na garagem e assim aceder a todos os bens que ali se encontravam.

O suspeito ao aperceber-se que tinha sido detetado e que tinha sido solicitado a presença da PSP no local, abandonou a garagem tendo sido de imediato surpreendido pelos Polícias. Apesar da tentativa de fuga, o suspeito tinha já na sua posse diversos artigos, aparentemente furtados de outras garagens existentes no interior do prédio.

Ao suspeito foi apreendido diverso material, nomeadamente:
  • Ferramenta para estroncar fechaduras;
  • Um par de luvas;
  • Dois Comandos de garagem, e
  • Uma Bicicleta.

O detido, com antecedentes criminais pela prática de diversos ilícitos da mesma natureza, tendo já cumprido penas de prisão efetiva e em 2016 foi indiciado pelo menos em 7 crimes idênticos, foi presente na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva.

Detidos suspeitos pelo crime de Furto

O Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 08 de fevereiro, pelas 02h00, na freguesia dos Olivais, em Lisboa, procedeu ao cumprimento de mandado de detenção, emitido pela Autoridade de Policia Criminal, de dois homens, com 22 e os 25 anos de idade, por serem suspeitos da prática de crimes de Furto.

Os detidos atuavam durante o dia, procurando os locais e as horas de maior afluência de pessoas, designadamente esplanadas e estabelecimentos comerciais. Como forma de atuação surpreendiam as vítimas, utilizando para o efeito um papel, com dizeres em romeno, que o colocavam em frente dos olhos dos ofendidos, ao mesmo tempo que lhes solicitavam ajuda, pedindo dinheiro, enquanto estes almoçavam, retiravam-lhes os objetos de valor, na maioria das vezes telemóveis, os quais se encontravam em cima das mesas das explanadas, encetando de seguida fuga. 

Os detidos, com antecedentes criminais pela prática de diversos ilícitos da mesma natureza, foram presentes na Instância Central, 1.ª Secção de Instrução Criminal do Tribunal da Comarca de Lisboa, para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicadas a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva ao mais velho e Apresentações Trissemanais ao mais novo.